Professores iniciantes de educação física: discussões a partir das fontes de autoeficácia docente

Professores iniciantes de educação física: discussões a partir das fontes de autoeficácia docente

Publicado em: 11 de junho de 2018


Resumo

O início da carreira docente é apontado como um momento crítico no desenvolvimento profissional dos professores, influenciando, dentre outros fatores, seus saberes, concepções e crenças sobre o ensino. No campo da Educação Física, estudos nessa temática são incipientes. Apontam que o contexto em que as aulas ocorrem podem tornar os desafios mais evidentes para os iniciantes, afetando-os de diversas maneiras. Desse modo, entender como as situações vividas nesse período influenciam o professor iniciante, em especial o de Educação Física, pode contribuir para a formação de docentes mais confiantes para ensinar na Educação Básica pois, ao lecionar, os professores o fazem a partir de um conjunto de valores, crenças e atitudes que lhes parece adequado e que foi constituído ao longo de suas vidas. Dentre essas crenças, apresenta-se a de autoeficácia docente, que exerce papel preditivo e mediacional entre o pensamento e a ação do professor e é constituída por quatro fontes: experiência direta, experiência vicária, persuasão social e estados fisiológicos e afetivos. Apesar de estudos internacionais apontarem as contribuições desse referencial para o comportamento do professor, no Brasil, são incipientes e escassos esses estudos, ainda mais considerando o contexto do professor iniciante de Educação Física. Desse modo, a presente pesquisa teve por objetivo: a) Identificar as experiências de ensino ligadas à capacidade de ensinar e que foram significativas para os professores iniciantes; b) Descrever em que circunstâncias essas experiências ocorrem; e c) Explorar, a partir dessas informações, elementos que nos permitam analisá-las à luz do referencial das fontes de autoeficácia. Participaram desta pesquisa cinco professores de Educação Física do Ensino Médio em início de carreira, que lecionam na região da Diretoria de Ensino de Limeira, SP. Esta é uma pesquisa exploratória de caráter qualitativo. Utilizamos um roteiro de entrevista semiestruturada como instrumento de coleta de dados. Por meio de técnicas de análise do conteúdo e com o suporte do software Nvivo, encontramos que (...)

 

Financiamento

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) #2012/21200-5

 

Como citar este documento

COSTA FILHO, Roraima Alves da. Professores iniciantes de educação física: discussões a partir das fontes de autoeficácia docente. 2014. 124 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Motricidade) – Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2014. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/110422>.

 

Acesso ao texto completo

Comentários


Nenhum comentário até o momento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*