Autoeficácia no campo educacional: revisão das publicações em periódicos brasileiros

Autoeficácia no campo educacional: revisão das publicações em periódicos brasileiros

Publicado em: 11 de junho de 2018


O constructo da autoeficácia, ou o julgamento que o indivíduo realiza sobre a própria capacidade para agir num dado domínio, tem sido investigado em diferentes áreas do conhecimento. No entanto, ainda é pouco conhecido e difundido no contexto educacional brasileiro. O objetivo da pesquisa foi identificar os estudos sobre autoeficácia realizados no cenário brasileiro, seus recortes metodológicos e principais resultados. Foram analisados 15 artigos selecionados nas bases de dados SciELO, LILACS e Redalyc, utilizando os termos auto-eficácia ou autoeficácia em conjunto com as palavras-chaves: estudante, aluno, professor, docente, ensino e escola. Os resultados revelaram (...)

 

Como citar este documento

IAOCHITE, Roberto Tadeu; COSTA FILHO, Roraima Alves da; MATOS, Mayara da Mota; SACHIMBOMBO, Keila Michelly Canhina. Autoeficácia no campo educacional: revisão das publicações em periódicos brasileiros. Psicologia Escolar e Educacional, Campinas, v. 20, n.1, p. 45-54, 2016. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/2175-353920150201922>.

 

Acesse o texto completo aqui

Comentários


Nenhum comentário até o momento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*