Associações entre autoeficácia docente e escolha pela docência por pós-graduandos em Engenharia

Associações entre autoeficácia docente e escolha pela docência por pós-graduandos em Engenharia

Publicado em: 14 de março de 2019


Esse estudo objetivou identificar fatores que influenciam na escolha de pós-graduandos em Engenharia pela docência no ensino superior, a autoeficácia docente e relacionar essas variáveis. Participaram 340 pós-graduandos de 33 programas de Engenharias do Brasil. Ao realizar a correlação de Pearson entre a autoeficácia docente e as dimensões da Escala de Fatores que Influenciam o Ensino, encontrou-se correlações positivas indicando que conforme aumentaram os níveis de crenças de autoeficácia docente proporcionalmente houve aumento na motivação. Esses resultados permitiram refletir sobre o papel das experiências de ensino nos programas de pós-graduação, com foco na formação de futuros professores do ensino superior.
Palavras-chave: Autoeficácia, escolha profissional, pós-graduação.

Como citar este documento:

MATOS, Mayara da Mota; IAOCHITE, Roberto Tadeu. Associações entre autoeficácia docente e escolha pela docência por pós-graduandos em Engenharia. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 19, n. 1, p.97-107, 2018. Disponível em: <http://dx.doi.org/1026707/1984-7270/2019v19n1p97>

 

Acesse o texto completo aqui

Comentários


Nenhum comentário até o momento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*