Escala de fontes de autoeficácia docente: estudo exploratório com professores de Educação Física

Escala de fontes de autoeficácia docente: estudo exploratório com professores de Educação Física

Publicado em: 11 de junho de 2018


Desde que Albert Bandura postulou a existência de quatro fontes de informação que influenciam a formação das crenças de autoeficácia, esforços têm sido empregados na tentativa de melhor compreender como avaliar e em que medida essas fontes podem contribuir para a constituição da crença de autoeficácia em contextos diversos. O presente estudo teve como objetivo explorar evidências de validade para o desenvolvimento de uma Escala de Fontes de Autoeficácia de Docentes (EFAED). Participaram 261 professores de escolas públicas e privadas da educação básica. Os sujeitos responderam (...)

 

Como citar este documento

IAOCHITE, Roberto Tadeu; AZZI, Roberta Gurgel. Escala de fontes de autoeficácia docente: estudo exploratório com professores de Educação Física. Psicologia Argumento, Curitiba, v. 30, n. 71, p. 659-669, 2012. Disponível em: <http://www2.pucpr.br/reol/pb/index.php/pa?dd1=7472&dd99=view&dd98=pb>.

 

Acesse o texto completo aqui

Comentários


Nenhum comentário até o momento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*